BIOGRAFIAMagbis.fer

Idunu wa ni eko* 
Nasci em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Sou neta de mineiros e filha de pernambucano. Oriunda de pessoas simples, busco nos ancestrais o significado para muitas crenças. Como mulher negra e brasileira, trago impressa a herança de um povo guerreiro, seja como tataraneta de uma índia pega a laço ou por negros avós. 

 Fui orfã de pai aos 20 e de mãe aos 21. Aos 23, abracei a Psicologia e tomei-a como paixão e profissão.
 
Presenciei muitas dores e as senti. Vivenciei a violência doméstica na infância, o câncer terminal do meu pai e a doença crônica de minha mãe. As lembranças da dor se misturam aos tempos de alegria, de pertencimento e me transformaram em eterna sensível e aprendiz.
 
Escolhi seguir em frente e transformar cada vivência em palavras. As histórias são para ser compartilhadas e favorecem deliciosas descobertas.
 
Num constante aperfeiçoar do eu desenvolvo a resilência e posso encontrar esperança nas coisas simples e no encontro com outros seres humanos. 
 
Espero influenciar pessoas para o viver pleno, mesmo na adversidade e usufruir o melhor deste Universo.
 
Bem-vindo ao meu mundo!
*Felicidade é aprender, no dialeto Iorubá (povo africano).